Festa do Livro

Festa do Livro
Seja bem-vindo.
Neste blog daremos conta das nossas actividades, palestras, exposições, etc.

Visite-nos e comente, sempre que lhe aprouver.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Hora do Conto em Família "Tantos nomes!"

Ainda explorando o livro de poemas e canções "Canta o Galo Gordo" de Inês Pupo e Gonçalo Pratas,  "Tantos nomes!" foi o texto escolhido para trabalharmos na Hora do Conto deste sábado, 18 de Fevereiro.

A partir de nomes de pessoas começámos por pedir aos presentes, palavras que rimassem com esses mesmos nomes. Claro que ao princípio custou um pouco rimar mas depois de embalar...
Era o João que gosta muito de acção e rima com cão, balão e televisão; a Teresa que põe a mesa e rima com princesa, tristeza e moleza; A Joana que nunca se engana e rima com os dias da semana, abana e pijama; o Gonçalo que anda a cavalo e rima com apanhá-lo e abraçá-lo; O Gaspar que está sempre a olhar para o ar e rima com voar e passear... e muitas mais rimas, rimas sem parar!

Depois desta colecção de rimas, cantámos ao som da viola todos os versos do texto em questão.
Para explorar ainda mais este texto, tivemos uma tarefa a fazer: colar todas as catorze figuras /personagens da história, tantas como o número de versos, numa folha A3.

Depois, para perceber que os presentes estiveram atentos à primeira fase da Hora do Conto, voltámos à viola e à música. À medida que cantava um verso do texto, os meninos presentes colocaram-no perto ou por baixo da respectiva figura /personagem. E que bem que correu. Apesar de tão novos,  nenhum deles se enganou e colou o verso no sítio certo!
Mais uma vez agradecemos a vossa presença e esperamos que tivessem gostado.
Até uma próxima vez!

                                              "Tantos nomes tão diferentes,
                                               Mas todos lavam os dentes.
                                               Todos nascem com umbigo,
                                               Todos querem um amigo!"








quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

As TIC na Biblioteca Municipal - Formação em Tecnologias de Informação

Iniciamos em 2017 com mais dois grupos de Iniciação às TIC - Tecnologias de Informação e Comunicação- formação aberta ao público geral que sente necessidade de adquirir competências de utilização das novas tecnologias.
Toda a formação ministrada na secção multimédia da Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira é gratuita.
Também criamos recentemente grupos de formandos em colaboração o Centro de Dia de Loivo e o Lar Maria Luísa da Santa Casa da Misericórdia, a pedido destas Instituições, o que nos permite promover as novas tecnologias junto do público mais idoso do Concelho. Poderá também informar-se junto destas instituições para ser integrado nestes grupos de formação.




Continuamos com os restantes grupos de formação, um grupo de iniciação e três grupos de formação mais avançada, para consolidar e aprender novas técnicas na utilização da internet, computadores, smartphones, etc...
Neste momento, a frequência destes grupos em aulas de formação é de periodicidade semanal.

Não há motivos para continuar sem saber como pode utilizar e usufruir dos benefícios de ter acesso à informação através da Internet e à utilização das novas tecnologias em geral, dirija-se à secção multimédia da Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira e poderá obter informação sobre as nossas ações de formação, bem como esclarecer outras dúvidas e conhecer os nossos equipamentos disponíveis na biblioteca para a utilização de todos os leitores.

Aqui fica um pequeno registo fotográfico de algumas sessões.












Tertúlia ao Serão " S. Valentim e o Amor"

"S. Valentim e o amor"  foi o tema escolhido para a tertúlia deste mês de Fevereiro.

Depois de darmos a conhecer as razões de se comemorar o dia 14 de Fevereiro como o dia dos namorados, mencionando o Bispo S. Valentim e seus feitos, falámos do AMOR tentando ou não defini-lo, colocando a seguinte questão:
- Existe ou não o amor à primeira vista?
A partir daqui abriu-se o debate e a tertúlia começou.
Amor? Desejo? Qual deles predomina nesta questão?
Várias opiniões sobre diversas situações, surgiram como era esperado.
Histórias antigas de amor e de namorados foram recordadas e analisadas.
Também vimos e relembrámos os lenços dos namorados, falando da sua origem e lendo as mensagens que neles se escreviam.

Foi dita Poesia de Florbela Espanca, Luís Vaz de Camões e José Ferreira Alves.
E por que rir é importante e também faz parte das nossas tertúlias, vieram depois as anedotas dos namorados.

Por fim e para finalizarmos com chave de ouro e ainda mais alegria, vieram as músicas e as canções de amor que tanto gostamos. Com "Ó rama, ó que linda rama", "Ó Rosa arredonda a saia", "Laranja limão", "Ó Laurindinha", "Ó ferreiro", "Ribeira vai cheia", "Eu fui ver a minha amada" e o "Senhor da Serra", finalizámos esta nossa maravilhosa tertúlia.
Obrigado a todos pela vossa participação e até uma próxima vez!


















terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Hora do Conto em Família "Partes de mim"

Continuando a exploração do livro "Canta o Galo Gordo" de Inês Pupo e Gonçalo Pratas, no sábado passado, o texto escolhido para trabalhar foi "Partes de mim".
Mais um texto onde as palavras e as rimas se conjugam e onde a poesia vive com o som das palavras.
Por essa razão, este texto em vez de ser lido foi musicado e cantado.
"Partes de mim" fala-nos com ritmo e melodia de quase todos os nomes que há no nosso corpo e dos que ainda quero conhecer, porque todos eles são parte de mim!

Enquanto se lia de novo o texto, ainda fizemos um pequeno teatrinho gestual representado por um dos pequenos leitores presentes. E que bem representou este pequeno actor e sem qualquer ensaio!

Para finalizar, voltámos à música e à medida que era cantado um verso, todos os presentes teriam de desenhar essa parte(s) de nós, referida(s) no texto.
Assim, verso após verso, desenho após desenho, realizámos e pintámos um corpo humano, constituído por partes. Partes de mim, de ti, de nós!

Obrigado pela vossa presença e até uma próxima vez!


















Hora do Conto com crianças do Ensino Pré-escolar

Dia 09 deste mês, tivemos mais uma visita dos meninos mais pequenos do Jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira.
"O lobo e os sete cabritinhos" foi o conto por nós escolhido para este dia.
Um conto que estimula a imaginação e a sensibilidade.
Será que o lobo estava tão esfomeado que conseguiu comer todos os cabritinhos? Hummm, não sei não e se queres saber, aparece na biblioteca para conhecer este livro ou etambém podes requisitá-lo para veres e leres em casa.

Depois de ouvida a história, cantámos algumas canções e todos recortámos e pintámos uma careta de cabritinho. Éramos tantos e tão juntinhos que, assim, talvez o lobo esfomeado tivesse medo e só nos espreitasse de longe! Pois parece que deu resultado porque, desta vez, ele não apareceu!
Ou... ou seria que não tinha fome?

Esperamos que tivessem gostado e aproveitamos mais uma vez para agradecer a vossa presença.
Até uma próxima vez!